O Fantasma da Ópera - Gaston Leroux

| |
Bom dia gente!

Depois de dois dias sem resenhar nada a vocês (estava estudando para as provas da faculdade), trago hoje a história de "O Fantasma da Ópera". É um romance francês escrito por Gaston Leroux, inspirado no livro Trilby de George du Maurier. Foi publicado pela primeira vez em 1910 e desde então adaptado inúmeras vezes para o cinema e teatro. O espectáculo bateu o recorde de permanência na Broadway. Foi inúmeras vezes traduzido para o português, sendo que as versões mais difundidas são das editoras Ediouro e Ática. O meu é da Ediouro. =) É considerado por muitos uma obra gótica, por combinar romance, horror, ficção, mistério e tragédia.
Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/O_Fantasma_da_%C3%93pera 
Bom, então vamos a resenha...





O livro conta a história de Erik, um fantasma que vive no subterrâneo da Ópera de Paris, e exige dos administradores um pequena quantia para que os espetáculos possam ser exbidos e o mais importante, que lhe reservem o camarote número cinco. Do outro lado da moeda, existe uma bailarina Christine Daeé que acredita ser guiada pelo "anjo da música". Consegue destacar-se no palco após substituir Carlotta, a diva do espetáculo. Christine conquista os corações da audiência na sua primeira atuação, incluindo o do seu amor de infância e patrocinador do teatro, Visconde Raoul de Chagny.

Logo, Christine percebe que o seu "Anjo da Música" é na verdade o Fantasma que aterroriza a ópera. Descobre também que o Fantasma é fisicamente deformado, razão pela qual usa uma máscara para esconder a sua deformidade. Vendo a verdadeira imagem de Erik, ela entra em choque, e Erik decide prendê-la no seu mundo, dizendo que somente a deixará partir se ela prometer não amar ninguém além dele e voltar por vontade própria.

Christine enfrenta uma luta interna entre o seu amor por Raoul e a sua fascinação pelo gênio da personagem do Fantasma, e decide se casar com Raoul em segredo e fugir de Paris e do alcance do Fantasma. No entanto, o seu plano é descoberto e, durante uma atuação da Ópera Fausto de Charles Gounod, é raptada do palco e levada para os labirintos embaixo da Ópera.
Nos aposentos de Erik ocorre o confronto final entre ele, Christine e o Visconde Raoul de Chagny. O Visconde tenta salvar Christine com a ajuda do Persa, através dos subterrâneos da Ópera, passando pela câmara dos súplicios, e onde Christine está sendo forçada a fazer uma escolha, entre Erik e Raoul. Christine escolhe Erik, com o intuito de salvar a vida das pessoas da Ópera, dizendo ao fantasma que concordará em ser sua esposa se ele libertar o Persa e Raoul. Erik leva o Persa de volta para sua casa, mas mantém Raoul como refém e o encarcera no local mais longínquo dos subterrâneos da Ópera.
Quando Erik retorna para Christine, ela o está esperando como uma verdadeira noiva; ele então se atreve a dar-lhe um beijo na testa, o qual ela aceita sem rejeitá-lo ou demonstrar horror. Esse ato simples traz a Erik uma alegria imensa, já que, que pela primeira vez na vida foi tratado como uma pessoa comum. É nesse momento que Erik muda de ideia, diz a Christine que ela pode ir embora e se casar com Raoul, e que ele, Erik, não passava de um cachorro aos seus pés, pronto para morrer por ela. A única coisa que ele pede é que, quando morrer, ela o enterre junto com o anel que lhe havia dado...

Serei obrigada a parar por aqui, caso contrário, contarei a vocês o final da história.
Bom, a história é bem sombria, tem inúmeros pontos onde me deixou até com um pouco de medo...Porém não deixa nem um pouco a desejar...Demonstra romance, aventura....Li esse livro em apenas dois dias, de tão bom que é...Inclui inúmeros detalhes não incluidos nos filmes, prende nossa atenção com o suspense de tão boa qualidade demonstrado nele...
Para quem gostou dos filmes ou dos musicais, recomendo que leiam "O Fantasma da Ópera", vocês verão um outro lado do tão aclamado romance. Gaston Leroux, narra a história de uma maneira tão envolvente que nos faz questionar o que, na verdade, é fictício e o que é real....Leiam!

Trecho do livro:

“O Fantasma da Ópera sempre existiu, não é produto de imaginação. Existiu em carne e osso, embora com todas as características de um fantasma”.

Abaixo, trago o trailer da minha versão preferida da história...Espero que gostem...




Beijos



21 comentários:

  1. Quantas páginas tem O Fantasma da Ópera?

    ResponderExcluir
  2. quantas páginas te o fantasma da ópera?

    ResponderExcluir
  3. Quem é o velho que aparece no final do filme?

    ResponderExcluir
  4. Li sua resenha e isso me inspirou a ler o livro. Te agradeço de todo o coração <3 Livro maravilhoso <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah! Fico feliz!
      Eu comecei pelo filme. Gostei tanto que corri para procurar o livro.
      Também acho o livro maravilhoso! <3

      Excluir
    2. Eu fiz o mesmo, gostei tanto do filme ( vi domingo) que ontem comprei o livro. Ainda não chegou, estou ansiosa.

      Excluir
  5. Respostas
    1. Oii. Desculpa, mas não tenho. O meu é em DVD. =)

      Excluir
  6. Adorei a sua resenha e quero muito ler o livro!!!����
    Não consigo parar de ver o filme de 2004, embora não assistir às outras versões acredito que pelos comentário que li sobre seja a melhor versão da história.
    Obrigada pelo incentivo!��

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia o livro! Tenho certeza de que irá gostar!
      O filme de 2004 é o que acho melhor... Mas, existem outras versões muito boas. Também não assisti outras kkkk
      =D

      Excluir
  7. Tenho este livro pela Ediouro também, porém fiquei indeciso para ler, pois vi que o texto é adaptado por Paulo Silveira. Será que tem alguma diferença do texto integral?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha, não sei te dizer... Sempre achei que fosse o texto integral. Tem certeza que é adaptado? Vou pesquisar sobre isso. =D

      Excluir
  8. Gostaria de saber, como poderia usar esse filme didaticamente em aulas de inglês? vc pode me ajudar?

    ResponderExcluir